ALL YOUR BASE BELONG TO US
2009-07-12 22:30:58

Por Hernani Dimantas

Em tempos de de AI5 digital, do projeto do senador Eduardo Azeredo, que cerceia a liberdade na Internet,  leia e dissemine o artigo de Hernani Dimantas que trouxe para NovaE um dos maiores símbolos da liberdade digital. Outubro de 2002 é mais recente que nunca.

Alguém ouviu falar do Zero Wing? Pois é, eu também nunca havia ouvido falar deste game. Desenvolvido para rodar num console da Sega.

Foi traduzido do Japonês para o Inglês. ALL YOUR BASE BELONG TO US é uma espécie de uma onomatopéia digital, fruto de uma precária tradução, e de orelhas ligadas nos movimentos da Internet.

O vídeo é maravilhoso. Criado pelo Toaplan.com Web site. Desenvolvido em Flash, e apresenta uma série de fotos "fotoshopeadas" com a frase ALL YOUR BASE infiltradas em todos os meandros do nosso planeta. Uma verdadeira invasão.....

Não é apenas uma piada. ALL YOUR BASE tornou se um fenômeno na rede, sucesso de público e de bilheteria.
 

C&MM Interativa Administra a NovaE na Internet
Conteúdo para Web, redes sociais, projetos para profissionais liberais, projetos editoriais para empresas, organizações e sociedades.
www.cmminterativa.com.br


É uma realidade dadaísta num ambiente que recusa ser domesticado para se tornar mais um meio previsível. A Internet está sendo criada pelos usuários, e o conhecimento nos pertence. A informação deve correr solta.

Estas são as palavras escondidas por trás de um vídeo em Flash. Nosso mundo não tem saída. Temos uma bomba relógio armada para explodir. Este é o sinal dos tempos.

A mensagem hacker não é de destruição. Estamos rompendo os paradigmas para criar um novo mundo. ALL YOUR BASE BELONG TO US faz sentido no ambiente WEB. É uma saída.... um novo conceito onde o conhecimento e a base de dados da rede são livres e nos pertencem. Sem intermediários, ou pessoas desinteressadas no desenvolvimento da humanidade.

Mas por que se tornou tão popular... Isto é uma pitada de mistério. Minha opinião pessoal é que este game traduz uma forma diferente de interagir com a rede. Seja através de jogos, palavras ou fotos falsificadas. De qualquer forma, o esforço é comunitário. E parece que as comunidades são a única fórmula de sucesso na Internet.

Dê um tempo... Clique neste link, e viaje pela saga de Cats. E continue viajando... aliás, é para isso que serve a Web.....

============

Artigos publicado na NovaE no início do século. O real é atual. Credibilidade não envelhece.

NovaE -  Porque história é para ser contada.

============

Quem é Hernani Dimantas

Hernani Dimantas é pintor, poeta, pirata e pesquisador. É escritor e precursor do pensamento sobre a internet no Brasil. Desde 1997, tem se dedicado ao estudo, à discussão e à elaboração de projetos colaborativos em rede, publicando um número expressivo de artigos em livros, jornais e revistas sobre a internet como meio aberto à produção coletiva e destinado à troca de ideias e conhecimento entre as pessoas.

É autor do livro Marketing hacker: a revolução dos mercados, publicado em 2003. Articulador dos movimentos Metá:Fora e MetaReciclagem. Mestre em comunicação e semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Doutor em ciências da comunicação pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). Fundador do movimento Lixo Eletrônico (http://lixoeletronico.org).

Atualmente, é coordenador do Laboratório de Inclusão Digital e Educação Comunitária (Lidec) do Núcleo de Pesquisa das Novas Tecnologias de Comunicação Aplicadas à Educação – NAP Escola do Futuro/USP, onde desenvolve políticas públicas de inclusão digital no programa AcessaSP, priorizando não apenas o acesso, mas a apropriação da tecnologia social pela multidão hiperconectada.

 

Linkania Hernani Dimantas Linkania Nesta obra, o autor desenvolve uma possível visão de rede. Conceitos como virtual, velocidade e aldeia global, significativos ... Saiba mais sobre este produto

Comprar - Por: R$ 30,00

 

 

 

 

 

Leia os artigos

  Hacker anarquista também fala de política
  A curadoria mais que perfeita
  Não vejo a hora dos zumbis chegarem
  Cada um tem a internet que merece
  Somos muitos! Spartacus!!!
  Sobre heróis e vândalos
  Por que o MinC saiu do ar?
  Quem é Hernani Dimantas
  Gambiarra - criatividade tática
  Um robô para o jantar
  Mais pressão na caldeira do ciberespaço
  Estamos por uma gota d’água
  Do labirinto à abundância
  Business Hacker
  Suspiros do velho mundo
  Destruir e aglutinar
  Onde está o erro?
  Coração Open Source
  Comunidadismo
  A cultura hacker
  ALL YOUR BASE BELONG TO US
  Uma aula de Gonzo para a Campus
  Uma quase entrevista com Eric Raymond
  Sem cara, sem coração
  Ressurreição dos blogs
  Quando o bazar invade a academia
  Não esqueça do filtro solar
  Parcerias e fracasso
  Por quem os tambores tocam
  Pretérito do presente
  Pulsar e amar nos microcanais
  Libertem as Intranets!!
  Lucas entra para história
  Mercados são conversações
  Mostrando a própria cara
  Internet Infinita
  Humanos
  Humanistas
  Informação criativa
  Falso Debate
  Contextura
  É possível pensar diferente
  Don`t Brand Me
  Copyleft: Nunca é tarde para aprender seu real significado
  Conversa com Jim Sterne
  Efeito Mallarmé - a tela branca
  "Comunidadismo"
  A eficiência da metadata
  A GNU GPL e o American Way
  A revolução de Hernani Dimantas
  As "melhores práticas" não são eternas
  Broadcast? Tô fora!
  Cara de firewall







Este espaço é mediado, sua mensagem será liberada após a leitura da NovaE

Nome:
E-mail(Não será publicado):
Manifeste-se:
Código:
Digite o código: